quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Um pós 1º turno negativo


Passado o primeiro turno das eleições, os evangélicos saem com mais perda do que ganho. É possível que sinalizarão a votação expressiva de vários evangélicos e, quem sabe, até do aumento da famosa e achincalhada “bancada evangélica” na Câmara e no Senado. Mas não falo nessa perspectiva.

Falo da proliferação e compartilhamento em massa de fake news de todos os lados. É triste receber mensagens falsas de cristãos com grande experiência cristã. Fake News é um nome pomposo, politicamente correto, para mentira. E mentira é do diabo.

Falo de exageros para defender o candidato de sua preferência. Ver cristãos com o polegar e o indicador apontados para frente, sinalizando o desejo de matar, ainda que de brincadeira, nesse contexto, é deplorável. Foi divulgado que em determinado culto dezenas de fiéis posaram para uma foto com tal postura.

Falo de cristãos que assumiram o dom da profecia como no Velho Testamento e anunciaram com entusiasmo o candidato e partido de Deus, como se Deus tivesse candidato e partido preferidos, num discurso que ouço desde minha juventude.

Falo de cristãos que ofenderam sem piedade pessoas, proclamaram a mensagem da honestidade contra políticos corruptos em nível nacional, mas sempre andaram de mãos dadas com os corruptos de sua cidade e, alguns, se beneficiando disso.

Que teria a dizer os não cristãos que presenciaram isso tudo? Que avaliação faria Deus de seus filhos amados?

“Quer comam, quer bebam, ou façam qualquer outra coisa - inclui eleições no Brasil - façam tudo para a glória de Deus” - I Coríntios 10.31.

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Vencendo as batalhas da vida - I



“No mundo, terão aflições, mas tenham bom ânimo, eu venci o mundo” - parte final de João 16.33.

Estas são palavras de Jesus que fazem parte de seus últimos momentos com os discípulos. Didaticamente falando, estava encerrando seu último sermão a eles e o conteúdo, em síntese, é: vocês não ficarão sozinhos, enviarei o Espírito Santo, que estará em vocês para sempre.

A parte inicial do verso registra assim: “Tenho lhes dito estas coisas para que em mim tenham paz”.

É possível ter paz em Jesus no meio da tempestade. É possível ter equilíbrio em Jesus ao enfrentar uma turbulência. É possível ter direção em Jesus na experiência de um mundo desgovernado. É possível descansar em Jesus num mundo agitado e impiedoso. É possível ter segurança em Jesus no epicentro do terremoto da insegurança.

Em todas as quartas-feiras de outubro, acontecerá em nossa Igreja, às 19h 29min, a série Vencendo as batalhas da Vida. O endereço é: Rua Omar Fontoura, 117 - Braga - em frente ao Centro de Marcação de Consultas. O primeiro foco será “Vencendo a batalha da Ansiedade”, com a Psicóloga Raquel Lima.