Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Novo Presidente da Convenção Batista Carioca: "Nosso maior problema é a falta de cooperação!".

Pr. Dejalmir Waldhelm, 
Presidente eleito da Convenção Batista Carioca

Apesar de cansado e com muitas responsabilidades a partir de agora, o novo presidente da Convenção Batista Carioca nos concedeu uma entrevista, respondendo as perguntas na madrugada de hoje. Nosso blog foi o primeiro veículo a transmitir a fala do novo presidente - veja em http://prneemiaslima.blogspot.com.br/2015/04/convencao-batista-tem-novo-presidente.html .

Para facilitar a leitura, esclarecemos:
CBC - Convenção Batista Carioca
CBB - Convenção Batista Brasileira
PAM - Programa de Adoção Missionária
JMN - Junta de Missões Nacionais
JMM - Junta de Missões Mundiais

Entrevista:

1- É a segunda vez que vai presidir a CBC. Fica mais fácil ou mais difícil?

Pr. Dejalmir Waldhelm: Com certeza facilita. A equipe da CBC e seu Executivo já me conhecem e temos uma afinidade. Isto ajuda bastante. E a turma é boa!

2- O que imediatamente precisa ser agido na CBC?

Precisamos tratar com diplomacia a questão dos imóveis entre CBB e CBC. Este é um assunto delicado e tenho orado para que o Senhor nos dê sabedoria na resolução deste impasse.

3- Imbróglio Colégio Batista x CBB, como está e que ações imagina que virão?

Como respondi na pergunta anterior, este é um assunto delicado. Por muito tempo a CBC foi vista com maus olhos pelas demais convenções estaduais. Temos mostrado que as dívidas tem sido administradas; que o número de matrículas no Batista Shepard tem aumentado significativamente; e que estamos revertendo o quadro. Vivemos um tempo de equilíbrio. Mas há muitos desafios pela frente. Creio que chegaremos num consenso.

4- Situação financeira da CBC, como está?

Nosso maior problema está na falta da cooperação (Plano Cooperativo). Da mesma forma que algumas organizações de nossa denominação enfrentaram crises administrativas e as igrejas pararam de apoiar financeiramente, na CBC isto ocorreu nos tempos difíceis. Mas aos poucos, com o excelente trabalho de nosso Diretor, Pr. Nilton, estamos recuperando a credibilidade e o apoio financeiro. Mas lentamente. Matando um leão por dia! Quanto ao trabalho de Missões Rio, já notamos um avanço das igrejas nas adoções do PAM Rio. Cremos que nosso avanço na obra missionária na cidade do Rio será significativo.

5 - Na área de evangelismo e missões, o que pretende?

(Risos) Não tinha visto a pergunta e praticamente respondi na anterior. Temos um Diretor que tem a "veia missionária". Isso é muito bom! O Pr. Ulisses Torres tem coordenado esta área e temos importantes planos de ação missionária. No meu pensar, podemos também buscar aproximação com a JMN e JMM, para capacitação e intensificação de nossa atuação missionária na cidade do Rio, no Brasil e no mundo!

6 - Considerações finais.

Peço orações a todos vocês! Grandes são os desafios! Mas Deus na direção, posso dizer como Paulo: Conseguiremos, pois Ele nos fortalecerá!